Cuidados para uma boa limpeza da loja

                 cabec1

Ainda há muitos supermercados que pecam nesse quesito, perdendo em imagem e credibilidade. Veja os principais pontos de atenção.

Limpeza é uma obrigação básica de todo supermercado. Apesar disso, ainda é comum encontrar lojas sujas, o que impacta diretamente na credibilidade do estabelecimento. Como o supermercado conta com vários ambientes –áreas de preparo, de vendas e exterior –, o trabalho se torna mais complexo. E isso exige cuidados específicos para os diferentes setores.

“Os supermercados possuem características próprias que devem ser levadas em conta no momento da limpeza. A atenção da operação deve ser voltada a alguns critérios básicos, como dimensão da área, tipo de piso,fluxo de pessoas e atenção com os alimentos”, afirma Sandro Haim, presidente da Abralimp (Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional). 

Segundo ele, a partir da avaliação desses fatores, é possível definir os equipamentos e insumos mais adequados para cada ambiente. Existem, por exemplo, lavadoras de alta pressão e lavadoras secadores de piso, que ajudam a economizar água, entre outros. 

Áreas de perecíveis

A limpeza deve ser feita cerca de três vezes ao dia nas seções de perecíveis, como hortifrútis, açougue e peixaria. Mas, dependendo do risco de contaminação, a frequência deve aumentar. Miguel Sinkunas, diretor da Câmara Setorial de Químicos da Abralimp, lembra da necessidade de uma correta higienização de mãos, unhas, pulsos e cotovelos dos funcionários nos ambientes de manipulação de alimentos. Além disso, no açougue e no setor de frios, as tábuas devem ser raspadas e limpas a cada corte. 

Carrinhos e cestos

Os carrinhos e cestos de compras são uma das principais fontes de contaminação, pois contêm muitos germes. Por isso, o supermercado precisa montar um programa de implementação específico. Ele deve conter a freqüência de higienização, os produtos que serão utilizados nessa tarefa e quem são os responsáveis, entre outros pontos. 

Na capital paulista está em tramitação na Câmara Municipal um projeto de lei que pretende obrigar os supermercados a realizar a higienização dos carrinhos a cada quinze dias. 

Ambiente externo

Paredes e vidros externos também merecem cuidado, pois são o cartão de visita da loja. O mesmo serve para a parte de dentro. Outro ponto de atenção são os pisos, devido ao alto fluxo de pessoas. Eles devem ser limpos de forma profunda ao final de cada expediente. Ao contrário do que se imagina, pode haver contaminação cruzada da sujeira dos pisos e dos vidros para os alimentos – ou seja, os microorganismos de uma superfície podem ser transmitidos para o produto. 

Fonte: site http://www.sm.com.br/  07/06/2016

 

Banner

Nossos parceiros

Banner
Banner
Banner

ÁREA DO CLIENTE


Matriz Cascavel - Paraná - Rua Matelândia, 704 - Pacaembú - Fone (45) 3229-2090